Made in Brazil!!!

Sexta-feira 20/03/15, decidimos no último minuto ir conferir a inauguração da exposição Made in Brasil da Casa Daros, sob a curadoria de Hans-Michel Herzog e Katrin Steffen.

Convite Made in Brasil

Convite Made in Brasil

A exposição é uma coletiva de oito artistas brasileiros, todos cariocas, do total de 20 artistas que integram a coleção de arte latino-americana da Daros. Entre eles, por ordem de aparição: Miguel Rio Branco, Waltercio Caldas, Cildo Meirelles, Antonio Dias, Milton Machado, Ernesto Neto, José Damasceno e Vik Muniz.

Na primeira sala, já encontramos a projeção das imagens da série “Entre os Olhos e o Deserto de Miguel Rio Branco. Uma interessante mudança no trabalho do artista ao sair do suporte papel para lhe dar maior liberdade e colocar um ritmo poético, pelo fato de que as obras do Rio Branco são sempre cruas e chocantes.

Numa conversa rápida e informal com o artista, essa série é a única dele que faz parte da coleção da Casa Daros e foi comprada especialmente para integrar a amostra.

Na segunda sala, é possível ver a série Livros do Waltercio Caldas, inspirada na sua paixão por colecionar livros. Os nossos preferidos foram, Momentos de Fronteiras (1999), o Livro Carbono (1980) e o Livro que Não sei (2002).

Logo depois, é possível encontrar a instalação de Cildo Mereilles Missões – Como Construir Catedrais (1987), que trata sobre a chegada dos jesuítas com a finalidade de catequizar os índios. Ela é construída com 60 mil moedas de um centavo cada uma, uma coluna central com 800 hóstias e 2 mil ossos pendurados. A obra é espectacular. O público pode entrar e pisar nela.

Cildo Meirelles - Como construir catedrais

Cildo Meirelles – Como construir catedrais

Cildo Mereilles - Como construir catedrais

Cildo Mereilles – Como construir catedrais

A maior sala é dedicada a Antonio Dias, onde é possível ver obras de diferentes épocas da sua vida. Entre elas, Projeto para o corpo, Trama, série feita no Nepal, a Ilustração da Arte/Economia/Modelo.

Agora bem, posso estar enganada, mas a série Trama também faz parte da coleção João Sattamini, a qual era exposta com muita frequência no Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

Na sala seguinte, foram apresentados a série de Desenhos Raivosos de Milton Machado.

Milton Machado - Lei da Selva

Milton Machado – Lei da Selva

Ernesto Neto apresenta sua instalação-escultura Humanoides (2001), que de certa forma se inspira nas obras de Lygia Clark e Helio Oiticica, pelo lado lúdico e convite a conectar-se diretamente com a arte.

Ernesto Neto - Humanoides

Ernesto Neto – Humanoides

Enquanto que a instalação-escultura do José Damansceno busca expandir  a metamorfose física e intelectual do objeto.

José Damasceno - Agregado

José Damasceno – Agregado

Para finalizar, é possível ver um conjunto de fotografias do Vik Muniz, feitas a partir de materiais orgânicos.

Vik Muniz - Medusa Marinara

Vik Muniz – Medusa Marinara

Para conhecer mais sobre a exposição, dá um pulo na Casa Daros, localizada na Rua General Severiano, 159, Botafogo, ou vista o site oficial: http://madeinbrasil.casadaros.net/

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s