Exposição Meu Pedacinho de Chão na Biblioteca Parque

Biblioteca Parque

Thanara Schönardie – Meu Pedacinho de Chão

Na verdade, não sei por onde começar, pois queria dar um tom serio a texto e a minha vontade é fazê-los poesia. Eis a visita guiada realizada à exposição Meu Pedacinho de Chão da Thanara Schönardie. Todos os dias passava em frente à Biblioteca Parque na Av. Presidente Vargas e sempre olhava para a entrada com imensa vontade de conhecer o que encontraria lá dentro. Inicialmente, fiquei imaginando que era uma exposição com fragmentos da cenografia da novela Meu Pedacinho de Chão escrita por Benedito Ruy Barbosa, mas na verdade, somente tinha a indumentaria da figurinista Thanara Schönardie e o cavalo do personagem do Zelão.

Mas posso afirmar que aquilo que vi me teletransportou imediatamente para esse mundo mágico e encantando, a simplicidade da montagem e suportes da indumentaria eram impecáveis e elevavam os detalhes de cada roupa. Incluso, era possível perceber o encardido das vestimentas na cor clara.

No subsolo, tive a grande surpresa, encontrar com o majestoso cavalo cenográfico usado pelo personagem do Zelão. Realmente, era uma coisa imensa e linda, era possível perceber como era o mecanismo para fazer o andar do cavalo.

Meu Pedacinho de Chão - Biblioteca Parque

Meu Pedacinho de Chão – Biblioteca Parque

Por outro lado, gostaria de destacar alguns itens sobre a montagem da exposição. A Biblioteca Parque conta com uma excelente fonte de iluminação tanto natural e artificial, o que propiciou para que a exposição não demandasse de um auxilio de luz. Entretanto, a entrada da exposição ficou a desejar porque era justo onde se encontrava a televisão, a qual transmitia a novela e não era possível visualizá-la nitidamente por conta da grande entrada de luz no ambiente.

Thanara Schönardie - Meu Pedacinho de Chão

Thanara Schönardie – Meu Pedacinho de Chão

Em relação à montagem da exposição, a equipe soube usar de excelentes recursos de mobiliário de forma neutra para dar ênfase ao excelente trabalho da figurinista Thanara Schönardie e, em relação ao local para a montagem foi uma boa escolha, já que fizeram uma analogia entre a trama central da novela, que tratava da questão da educação e leitura, nada mais que justo ter feito em uma biblioteca, onde através dos livros o indivíduo tem acesso ao mundo. É uma pena que a exposição tenha acabado, mas poderemos reviver essa experiência algum dia quando a novela for televisionada novamente.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s