Vamos conversar sobre Arte Educação

Este post é uma pequena homenagem àqueles  profissionais que trabalham com Arte Educação. Na minha época de atuação, também eram conhecidos monitores e educadores ou guia. Mas não importa o nome, o que importa é o conhecimento que eles estão dispostos a transmitir aos visitantes.

Em setembro, tive a oportunidade de ir na Caixa para ver as diversas exposições daquele momento e encontrei com um colega do Curso de Fundamentação da Escola do Parque Lage, conversamos por um bom tempo e foi quando decidi adentrar sobre a exposição, elucidar algumas dúvidas. Para minha surpresa, eu era a única a puxar o educador para o que ele foi preparado para fazer, enquanto que o resto do público só observada de forma lúdica a amostra.

O que vejo é que o público se sente como em uma loja, prefere não ser incomodado, opta por consumir sozinho, sem iteração interna com aqueles que possuem e estão dispostos a doar a informação e sua visão sobre o discurso do artista e curador.

Assim que quando você encontrar com um monitor, não fique achando que eles são peças decorativas, como estátuas para vigiar as obras, eles estão disponíveis para te dar toda a atenção.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s